Notícias
Notícias da Câmara Municipal de Patos
Câmara Municipal discute aceitação de PL que implanta o Empreendedorismo nas Escolas do Município
             A Câmara Municipal de Patos realizou nesta quinta-feira, dia 08, na sala das comissões, a segunda reunião que discute a conclusão do Projeto de Lei para instituir a disciplina de empreendedorismo na grade curricular das escolas do município de Patos.

             A discussão desta manhã envolveu a Secretária de Educação do Município, Alana Candeia, o agrônomo Francisco Soares conhecido como Chico Velho, representante da UNOPAR, Sara Torres Aguiar, representantes das Faculdades Integradas de Patos e Universidade Estadual da Paraíba, Pablo Ribeiro, EBEP/SESI, Ruberlândia Lima de Cruz, Sônia Martins de Medeiros, SEBRAE, a vereadora Nadir Rodrigues do PMDB, autora do Projeto e o assessor, Armando Goes.

             Alana Candeia explicou que o projeto objetiva que a escola trabalhe novos horizontes para os alunos do ensino fundamental dos anos finais, do 6° ao 9° ano. A Secretária pontuou que a grande preocupação não é somente implantar uma lei municipal, mas, sim, fazer com que o projeto seja aprovado e sendo sancionado, seja executado. Para isso, Alana Candeia garantiu que o projeto será levado para a coordenação pedagógica da Secretaria Municipal com o intuito de ser discutido.

             “Estou levando para a nossa coordenação pedagógica, para de forma colegiada, discutirmos o empreendedorismo, se vai constar como disciplina ou transversalizando o currículo do ensino fundamental. O que nos leva a querer abraçar essa causa? É que a gente percebe que na educação brasileira, infelizmente, ainda há uma falha desde as séries iniciais, pois, a gente sempre quer formar o profissional para ser empregado, não tem aquela visão de que ele próprio pode ser um empreendedor”, afirmou.

             A Secretária garantiu que a pretensão é despertar no aluno o empreendedorismo, impulsionando sua motivação, criatividade e iniciativa, além de querer mostrar que ele é capaz. Ela ainda afirmou que será feita uma pesquisa a nível de Ministério da Educação para ter conhecimento sobre o material no Programa Nacional de Livro Didático.

             Sara Torres de Aguiar, representante da UNOPAR, acrescentou que o aluno, a partir do empreendedorismo, vai poder enfrentar as barreiras que têm no mercado de trabalho, bem como incentivar sua visão própria que o leve a um conhecimento específico em cada área. Ela garantiu que o empreendedorismo vai levar o aluno a conhecer desde como vai ser implantado um projeto até sua execução, onde passa pelo planejamento, parte financeira e tudo com segurança viável se o projeto dará certo ou não.

             Um ponto discutido foi referente à extensão do empreendedorismo nas escolas municipais da Zona Rural.

             O agrônomo Francisco Soares conhecido como Chico velho, explicou que essa extensão é viável, uma vez que já estão em execução projetos voltados para o desenvolvimento meio rural, o que facilitaria a potencialidade dessas atividades. Ele pontuou a criação de uma Gerência de Estudos Estratégicos das potencialidades dos recursos naturais e da pesquisa.

             “Nesse projeto fala sobre a participação desses alunos da rede municipal de ensino que pode ser aproveitado em forma de bolsa para acompanhar todas essas demandas de projetos das potencialidades do município. Isso é muito interessante porque vai gerar mais emprego e, além disso, os alunos vão ficar com aquela vontade de empreender na área de pesquisa”, garantiu.

             Outra reunião será marcada para finalizar o conceito sobre a implantação do Empreendedorismo nas escolas do município de Patos, tendo em vista a pretensão de sua aplicabilidade no ano de 2018.



ASCOM - CMPatos

Imprimir pdf Mais Notícias Whats App Facebook pdf